Sequência didática em sala de aula

Sequência didática em sala de aula

Um dos recursos eficazes de aprendizado é a sequência didática, que quando aplicada em sala de aula favorece demais a dinâmica entre professores e alunos. “Acredito que a participação de professores de outras disciplinas em atividades desta natureza seja fundamental para desenvolvimento do conteúdo temático”, garante a professora Ana Flávia Lopes Lenharo. Ela é autora da Sequência Didática Interdiscisplinar Controvérsias sobre o Rio Tietê, que está em nossa Biblioteca de Projetos. 

Mas afinal, o que a motivou a trabalhar com a dissertação escolar, que resulta em sequência didática? “Foi o fato de tratar-se de um gênero específico da esfera escolar. Mas que o domínio de sua estrutura, de estratégias para desenvolvimento de seu conteúdo temático e de seus aspectos linguísticos discursivos são essenciais para que o discente do ensino médio possa ingressar no ensino superior ou no mercado de trabalho”, afirma.

Segundo ela, foi um amplo trabalho coletivo de investigação temática. “Decidimos que o tema deveria ser o que tivesse relacionado ao mundo da vida dos alunos. Como, naquele momento, a cidade em que a escola está inserida, vivenciava um problema sociocientífico vinculado ao Rio Tietê, decidimos que o tema seria esse”, complementa.

“Já havíamos trabalhado com sequências didáticas de natureza sociocientífica e interdisciplinar em anos anteriores abordando temas como: Padrão de beleza consumo e saúde; Agrotóxicos: toxidade x custos; Dengue etc. Assim, fiz o convide aos professores de outras áreas para que participassem da elaboração das atividades e foi produzido”, garante. 

 

Importância da sequência didática

 

Semeando Autores também conversou com a professora Nataly Carvalho Lopes, que atua nos cursos de licenciatura em Física, Química e Biologia, além do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática da Universidade Federal de São Carlos. Desenvolve pesquisas em ensino de ciências sob o enfoque das relações entre ciência, tecnologia, sociedade e ambiente, voltado aos debates de questões sociocientíficas em uma perspectiva crítica. Nataly é coautora da Sequência Didática Interdiscisplinar Controvérsias sobre o rio Tietê.

 

Por que escolheu o gênero dissertação e o público para pautar a sua pesquisa?

 

O trabalho foi desenvolvido por meio de uma dissertação de mestrado, que teve como base uma questão de pesquisa e objetivos importantes de serem pesquisados. Tanto para a área da pesquisa em ensino de ciências e linguagens, além da própria realidade escolar. Essa situação é potencial para a formação do professor que é pesquisador, da pesquisa da área. Mas também para a geração de um produto educacional que pode apoiar o desenvolvimento de aulas em diversos locais e contribuir com a melhoria do ensino. Assim, o desenvolvimento de dissertações de mestrado desta natureza pode ser um caminho importante para o desenvolvimento profissional. E também para a formação dos estudantes, devido à sua abrangência e validação pelos pares da universidade e da escola.

 

Por que o tema Rio Tietê?

 

Os temas das dissertações de mestrado e das sequências didáticas podem surgir da realidade escolar e dos contextos nos quais as escolas se inserem. E foi justamente a partir desta realidade que o trabalho apresentado teve origem. Uma vez que a cidade onde a professora que também é pesquisadora atua é fortemente influenciada e depende do Rio Tietê para diversas atividades econômicas, sociais e de lazer. Esta premissa também é proposta pelas discussões sobre as chamadas questões sociocientíficas para o ensino, cujos referenciais teóricos também foram base para o desenvolvimento da pesquisa. Essas questões possuem base na ciência, mas tratam de temas controversos que relacionam aspectos éticos e valorativos às discussões de ciência e tecnologia. Portanto, são temas potenciais para o desenvolvimento do trabalho formativo nas diversas disciplinas. Assim, na ocasião do desenvolvimento do trabalho, os problemas relacionados ao Rio Tietê naquela cidade se configuravam como uma questão sociocientífica importante para ser trabalhada na escola e havia a necessidade de formar pessoas para atuarem e transformarem a realidade que se apresentava. Esses foram justamente os objetivos principais da sequência didática proposta. São objetivos importantes a serem desenvolvidos em todas as salas de aulas do país.

 

Por que envolveu outras disciplinas neste projeto?

 

Em continuidade às definições destas questões sociocientíficas, elas costumam fazer parte das vidas das pessoas, geralmente estão na mídia. Mas apresentam informações distorcidas ou interessadas, exigem posicionamento e ação em nível pessoal e global. Levam em consideração questões ambientais e não possuem um consenso quanto à sua resolução. Assim, é possível perceber como os conteúdos escolares ligados a estas questões não se restringem a esta ou àquela disciplina, mas possibilitam e potencializam o trabalho interdisciplinar, pois é necessária uma gama de conhecimentos diferenciados para que o estudante possa construir argumentos para o seu posicionamento e possíveis ações sobre o tema.

 

Em que aspecto a sequência didática pode contribuir no desenvolvimento do jovem?

 

Ele (aluno) pode conhecer a importância econômica da exploração comercial do rio, mas também as implicações ambientais destas atividades. Ao mesmo tempo em que faz relações de risco e benefícios da construção de uma barragem para a geração de energia elétrica em um trecho do rio próximo à cidade. Tais reflexões ultrapassam os limites das aulas de ciências, de língua portuguesa ou de sociologia. Além disso, transformam o pensamento fragmentado das disciplinas em formação social abrangente. Nessas relações também está o potencial formativo de uma sequência didática com estas questões sociocientíficas. Ou seja, elas têm o potencial para formar agentes sociais que mobilizam os conhecimentos escolares para atuar nos temas que impactam a vida das pessoas. Mais que a reprodução dos conteúdos para fins específicos e pontuais.

Gostou? Conheça a sequência completa clicando no botão abaixo.

 

 

 

Já pensou que bacana uma noite de autógrafos de seus alunos?
Entre em contato conosco e tire suas dúvidas

 


    Sim, desejo receber